Português
Português, 16.09.2019 19:47, nathallya30

Tempos atrás, tive um vizinho, cujo “hobby” era plantar árvores no enorme quintal de sua casa. algumas vezes eu observava de minha janela o seu esforço para plantar árvores e mais árvores todos os dias. entretanto, o que mais me chamava a atenção era o fato de que ele jamais regava as mudas que plantava. notei depois de um tempo que suas árvores estavam demorando muito para crescer. certo dia, decidi me aproximar dele e lhe perguntei se não tinha receio de que suas árvores não crescessem, pois percebia que ele nunca as regava. foi então que, com um ar orgulhoso, me descreveu sua fantástica teoria. disse-me que, se regasse suas plantas, as raízes se acomodariam à superfície e estariam sempre esperando pela água mais fácil vinda de cima. como ele não as regava, as árvores demorariam mais para crescer, porque suas raízes tenderiam a aprofundar no solo, em busca da água e das variadas fontes de nutrientes encontradas nas profundezas do solo. essa foi a conversa que tive com aquele meu vizinho. depois disso, fui viver em outro país, e nunca mais tornei a vê- vários anos mais tarde, ao retornar do exterior, fui rever minha antiga residência. ao aproximar-me, notei um bosque onde antes não havia. meu antigo vizinho havia realizado seu sonho! o curioso era que, naquele dia, havia um vento muito forte e gelado, e todas as árvores das alamedas estavam arqueadas, como se não estivessem resistindo ao rigor do inverno. entretanto, ao aproximar-me do quintal daquele que havia sido meu vizinho, notei como suas árvores estavam firmes, praticamente não se mexiam, resistindo implacavelmente àquela ventania. “ efeito curioso”, as adversidades por que passaram aquelas árvores, tendo sido privadas da água fácil, pareciam tê-las beneficiado, como se houvessem recebido o melhor dos tratamentos. todas as noites, antes de ir-me dormir, dou sempre uma olhada em meus filhos, me inclino sobre suas camas e observo como têm crescido. frequentemente oro por eles. na maioria das vezes, peço para que suas vidas sejam facilitadas: “deus meu, livre meus filhos de todas as dificuldades e agressões deste mundo”. tenho pensado que é hora de substituir meus pensamentos. essa mudança tem a ver com o fato de que é inevitável que os ventos gelados e fortes alcancem meus filhos. sei que eles encontrarão inúmeros problemas, e agora me dou conta que minhas orações para que as dificuldades não ocorram, têm sido demasiado ingê “ sempre haverá uma tempestade ocorrendo em algum ” e o farei porque, queiramos ou não, a vida não é muito fácil. ao contrário do que pedia em minhas orações, agora pedirei que meus filhos cresçam com raízes profundas, de tal forma que possam extrair energia das melhores fontes – das mais divinas – que se encontram nos lugares mais remotos. oramos demasiado para não termos dificuldades, mas seria necessário apenas pedir para desenvolvermos raízes fortes e profundas, de tal maneira que, quando as tempestades chegarem e os ventos gelados soprarem, resistamos com valor e não sejamos dominados. que deus te dê raízes profundas! (autor desconhecido) “ observava de minha janela o seu esforço para plantar árvores e mais árvores todos os dias.” “ pois percebia que ele nunca as regava.” apesar de as desinências dos verbos “observava” e “percebia” serem diferentes, é possível afirmar que estão flexionados no mesmo tempo verbal?

answer
Respostas totais: 3
Ver

Other questions on the subject: Português

image
Português, 15.08.2019 01:00, superlucas007
Acada canto um grande conselheiro que nos quer governar cabana e vinha não sabe governasua cozinha é podem governa o mundo inteiro. sobre o que fala essa primeira estrofe de gregordo de matos
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:51, castrofiori
3) classifique as orações, obedecendo o seguinte código(1) oração principal(2) oração subordinada adverbial temporal(3) oração subordinada adverbial consecutiva(4) oração subordinada adverbial concessiva(5) oração subordinada adverbial condicional(6) oração subordinada adverbial comparativa(7) oração subordinada adverbial conformativa(8) oração subordinada adverbial proporcional(9) oração subordinada adverbial final(10) oração subordinada adverbial causala) (9) embora fosse cedo, resolvi levantar.b) ( você pode sair, contanto que volte logo.c) (6) como você viu, a menina era voluntariosa.terior,d) ) pedro fugiu, porque era tímido.e) () estou ensinando, para que vocês aprendam bem.f). à proporção que escurecia, sentia mais medo.g) a moça foi menos estúpida do que os passageiros.h) () o autor tanto insistiu, que a moça respondeu.i) depois que saí, muitos riram de mim.j) (9) a vida é tão boa, que merece ser vivida.k) a fome era tanta, que eles devoraram toda a comida.​
Total de respostas: 2
image
Português, 15.08.2019 00:50, castrofiori
Continuação da crônica no terraço entre 7: 30 e 18: 00 finalzinho de tarde, sentada no terraço com o som da cidade ao fundo e os pássaros a comemorar o fim de tarde agradável ,no céu dourado toma conta das paisagem o efeito predileto dos fotógrafos ​
Total de respostas: 2
image
Português, 15.08.2019 00:41, ruiva2673
Rocha (1985) citado por gomes (2002) analisa as estratégias cognitivas de leitura. de acordo com essa análise e considerando o que foi estudado no texto-base, relacione as estratégias cognitivas de leitura às suas respectivas características. 1. conhecimento textual. 2. conhecimento linguístico. 3. conhecimento enciclopédico (ou conhecimento de mundo). 4. conhecimento intertextual. 5. conhecimento contextual. ( ) é a partir desta estratégia que podemos reconhecer as intencionalidades presentes no texto, levando em conta, por exemplo, quem é o autor, suas posições políticas e ideológicas. ( ) é a partir desta estratégia que podemos levantar hipóteses sobre o texto, comprovando-as ou refutando-as. ( ) esta estratégia leva em conta, dentre outras coisas, a construção e a organização das frases e o significado que as palavras adquirem no texto. ( ) esta estratégia refere-se à primeira percepção que temos ao ler um texto, levando em consideração sua estrutura e assunto abordado, por exemplo. ( ) esta estratégia refere-se às ligações que o leitor faz a textos e contextos externos ao texto. assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
Total de respostas: 2
Você sabe a resposta correta?
Tempos atrás, tive um vizinho, cujo “hobby” era plantar árvores no enorme quintal de sua casa. algum...

Questions in other subjects:

Konu
História, 12.12.2017 23:02
Konu
Biologia, 03.11.2017 20:33
Konu
Matemática, 01.09.2017 22:35
Konu
Matemática, 22.08.2017 03:33
Konu
Geografia, 04.09.2017 22:29
Respostas e perguntas no site: 20193980