Português
Português, 16.09.2019 22:57, crislane1071

Dudu convenceu os pais de que estudar não era com ele. — não me amarro, entende? o pai do dudu ainda tentou
dissuadi-lo de largar a . – eduardo, fica só pelo diploma. só pra ter cela especial. – meu negócio é outro. o negócio do dudu era surfar. e como dudu era filho único e sempre conseguia o que queria, saiu a surfar pelo mundo. só entrava em contato com a família para pedir dinheiro. volta e meia mandava um postal de um lugar estranho, dizendo que estava bem, saúde perfeita. saúde com cê-ce-dilha. mas um dia telefonou para avisar que estava voltando, e com uma surpresa.

dar um final a crónica ​


Dudu convenceu os pais de que estudar não era com ele. — não me amarro, entende? o pai do dudu aind

answer
Respostas totais: 2
Ver

Other questions on the subject: Português

image
Português, 15.08.2019 00:24, isabelly6840
Um argumento contra o uso de animais em pesquisas científicas​
Total de respostas: 3
image
Português, 15.08.2019 00:23, alves1250
Indique qual exemplo abaixo se refere a um metaplasmo de permuta escolha uma: a. prótese: voar > avoar b. síncope: árvore > arve c. dissimilação: temoroso > temeroso d. sonorização: lupo > lobo
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:19, pattiniantonia92
Leia o texto “desmatamento da amazônia” de fernando carraro para responder à questão 7. o corte de muitas árvores, feito de maneira irregular ou ilegal, provoca a diminuição das chuvas, diminuindo assim a quantidade de água dos rios, por exemplo. outro problema do desmatamento é a erosão dos solos e o assoreamento dos rios. isso significa que, sem as árvores, as margens dos rios f icam desprotegidas. assim, as águas das chuvas carregam terra para dentro do rio, diminuindo seu leito. de acordo com o texto, a diminuvoca
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:00, jakezika
Eu preciso de uma música atual que tenha elementos semelhantes ao do poema de gonçalves dias: seus olhos. vou colocar o poema abaixo: (obs: é urgente! ) seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, de vivo luzir, estrelas incertas, que as águas dormentes do mar vão ferir; seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, têm meiga expressão, mais doce que a brisa, — mais doce que o nauta de noite cantando, — mais doce que a frauta quebrando a solidão, seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, de vivo luzir, são meigos infantes, gentis, engraçados brincando a sorrir. são meigos infantes, brincando, saltando em jogo infantil, inquietos, travessos; — causando tormento, com beijos nos pagam a dor de um momento, com modo gentil. seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, assim é que são; às vezes luzindo, serenos, tranqüilos, às vezes vulcão! às vezes, oh! sim, derramam tão fraco, tão frouxo brilhar, que a mim me parece que o ar lhes falece, e os olhos tão meigos, que o pranto humedece me fazem chorar. assim lindo infante, que dorme tranqüilo, desperta a chorar; e mudo e sisudo, cismando mil coisas, não pensa — a pensar. nas almas tão puras da virgem, do infante, às vezes do céu cai doce harmonia duma harpa celeste, um vago desejo; e a mente se veste de pranto co'um véu. quer sejam saudades, quer sejam desejos da pátria melhor; eu amo seus olhos que choram em causa um pranto sem dor. eu amo seus olhos tão negros, tão puros, de vivo fulgor; seus olhos que exprimem tão doce harmonia, que falam de amores com tanta poesia, com tanto pudor. seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, assim é que são; eu amo esses olhos que falam de amores com tanta paixão.
Total de respostas: 1
Você sabe a resposta correta?
Dudu convenceu os pais de que estudar não era com ele. — não me amarro, entende? o pai do dudu aind...

Questions in other subjects:

Konu
Matemática, 14.10.2020 17:14
Konu
Matemática, 14.10.2020 17:14
Konu
História, 14.10.2020 17:14
Respostas e perguntas no site: 20035624