Português
Português, 16.03.2020 03:18, anaflormarafiga

O labirinto dos manuais

Há alguns meses troquei meu celular. Um modelo lindo, pequeno, prático.

Segundo a vendedora, era capaz de tudo e mais um pouco. Fotografava, fazia

vídeos, recebia e-mails e até servia para telefonar. Abri o manual, entusiasmado.

“Agora eu aprendo”, decidi, folheando as 49 páginas. Já na primeira, tentei

executar as funções. Duas horas depois, eu estava prestes a roer o aparelho. O

manual tentava prever todas as possibilidades. Virou um labirinto de instruções!

Na semana seguinte, tentei baixar o som da campainha. Só aumentava. Buscava

o vibracall, não achava. Era só alguém me chamar e todo mundo em torno saía

correndo, pensando que era o alarme de incêndio! Quem me salvou foi um

motorista de táxi.

— Manual só confunde – disse didaticamente. – Dá uma de curioso.

Insisti e finalmente descobri que estava no vibracall há meses! O único problema

é que agora não consigo botar a campainha de volta!

Atualmente, estou de computador novo. Fiz o que toda pessoa minuciosa faria.

Comprei um livro. Na capa, a promessa: “Rápido e fácil” – um guia prático,

simples e colorido! Resolvi: “Vou seguir cada instrução, página por página. Doque adianta ter um supercomputador se não sei usá-lo?”. Quando cheguei à

página 20, minha cabeça latejava. O livro tem 342! Cada vez que olho, dá

vontade de chorar! Não seria melhor gastar o tempo relendo Guerra e Paz*?

Tudo foi criado para simplificar. Mas até o microndas ficou difícil. A não ser que

eu queira fazer pipoca, que possui sua tecla própria. Mas não posso me

alimentar só de pipoca! Ainda se emagrecesse... E o fax com secretária

eletrônica? O anterior era simples. Eu apertava um botão e apagava as

mensagens. O atual exige que eu toque em um, depois em outro para confirmar,

e de novo no primeiro! Outro dia, a luzinha estava piscando. Tentei ouvir a

mensagem. A secretária disparou todas as mensagens, desde o início do ano!

Eu sei que para a garotada que está aí tudo parece muito simples. Mas o mundo

é para todos, não é? Talvez alguém dê aulas para entender manuais! Ou o jeito

seria aprender só aquilo de que tenho realmente necessidade, e não usar todas

as funções. É o que a maioria das pessoas acaba fazendo!

Analise as afirmações sobre trechos do texto e assinale a correta.

a) Em – Há alguns meses, troquei meu celular. –, o verbo haver indica tempo

decorrido e pode ser substituído, corretamente, por Fazem.

b) Em – Fotografava, fazia vídeos, recebia e-mails e até servia para telefonar. –

, o termo em destaque expressa a ideia de exclusão.

c) Em – Virou um labirinto de instruções! –, o termo em destaque foi

empregado em sentido figurado, indicando confusão, incompreensibilidade.

d) Em – Fiz o que toda pessoa minuciosa faria. –, o termo em destaque pode

ser substituído, corretamente e sem alteração do sentido do texto, por limitada.

e) Em – Mas não posso me alimentar só de pipoca! –, a conjunção em

destaque expressa a ideia de comparação​

answer
Respostas totais: 1
Ver

Other questions on the subject: Português

image
Português, 15.08.2019 00:30, pattiniantonia92
Nos versos"e não adianta eu ser so bandeira/tenho também que ser de verdade", o eu lírico empregou o termo bandeira com sentido conotativo. qual é o significado dessa palavra no poema? explique
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:21, superlucas007
Como fazer um texto dissertativo argumentativo sobre" onde quer que se encontra faça oq é certo"
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:05, MELIODASdaIRA
Você concordar com a opinião do texto segundo a qual o adolescente tem uma identidade transitoria vive na era do camaleão no caderno explique sua posição e exemplifique se posivel contndo em poucas palavras uma experiência pessoal​
Total de respostas: 3
image
Português, 15.08.2019 00:04, daymano
Num texto de maria victória benevides, pode-se ler: “a faxineira, mãe de quatro filhos, preferia fazer suas compras no pão de açúcar aqui ao lado do que pertinho de sua casa, na zona sul da cidade, porque encontra promoções e economiza mais.” no fragmento acima, há um desvio da norma padrão no que concerne à regência verbal. identifique-o, assinalando a opção correta. a-poder. b-fazer. c-preferir. d-encontrar e-economizar
Total de respostas: 2
Você sabe a resposta correta?
O labirinto dos manuais

Há alguns meses troquei meu celular. Um modelo lindo, pequeno, pr...

Questions in other subjects:

Konu
Artes, 27.03.2020 17:28
Konu
Matemática, 27.03.2020 17:28
Respostas e perguntas no site: 14899594