Português
Português, 10.05.2020 00:04, mariarosadasilva321

A Moreninha

Joaquim Manuel de Macedo

— [...] mas venha cá sr. Augusto, então como é isto?... estás realmente apaixonado?!

— Quem te disse semelhante asneira?...

— Há três dias que não falas senão na irmã de Filipe e...

— Ora, viva! quero divertir-me... digo-te que a acho feia, não é lá essas coisas; parece ter mau gênio. Realmente

notei-lhe muitos defeitos... sim... mas, às vezes... Olha, Leopoldo, quando ela fala ou mesmo quando está calada,

ainda melhor; quando ela dança ou mesmo quando está sentada... ah! ela rindo-se... e até mesmo séria... quando

ela canta ou toca ou brinca ou corre, com os cabelos à négligé, ou divididos em belas tranças; quando... Para que

dizer mais? Sempre, Leopoldo, sempre ela é bela, formosa, encantadora, angélica!

— Então, que história é essa? Acabas divinizando a mesma pessoa que, principiando, chamas-te feia?...

— Pois eu disse que ela era feia? É verdade que eu... no princípio... Mas depois... Ora! estou com dores de cabeça,

este maldito Velpeau!... Que lição temos amanhã?

— Tratar-se-á das representações de...

— Temos maçada! Quem te perguntou por isso agora? Falemos de d. Carolina, do baile, do...

— Eis aí outra! Não acabaste de perguntar-me qual era a lição de amanhã?

— Eu? Pode ser... Esta minha cabeça!...

— Não é a tua cabeça, Augusto, é o teu coração.

Houve um momento de silêncio. Augusto abriu um livro e fechou-o logo; depois tomou rapé, passeou pelo quarto

duas ou três vezes e, finalmente, veio de novo sentar junto de Leopoldo.

— É verdade, disse; não é a minha cabeça: a causa está no coração. Leopoldo, tenho tido pejo de te confessar,

porém não posso mais esconder estes sentimentos que eu penso que são segredos e que todo o mundo mos lê nos

olhos! Leopoldo, aquela menina que aborreci no primeiro instante, que julguei insuportável e logo depois

espirituosa, que daí a algumas horas comecei a achar bonita, no curto trato de um dia, ou melhor ainda, em alguns

minutos de uma cena de amor e piedade, em que a vi de joelhos banhando os pés de sua ama, plantou no meu

coração um domínio forte, um sentimento filho da admiração, talvez, mas, sentimento que é novo para mim, que

não sei como o chame, porque o amor é um nome muito frio para que o pudesse exprimir!... Eu já não me conheço...

não sei onde irá isto parar... Eu amo! ardo! morro!

2. Explique o comportamento romântico de Augusto a partir dessa análise feita por Leopoldo:

“— Não é tua cabeça, Augusto, é o teu coração.”​

answer
Respostas totais: 2
Ver

Other questions on the subject: Português

image
Português, 15.08.2019 01:07, MELIODASdaIRA
Qual a relação das classes sociais no livro quincas borba entre minas gerais e rio de janeiro?
Total de respostas: 2
image
Português, 15.08.2019 01:02, tay5876
Identifique as seguintes preposições: a) nada mais há entre mim e você. b) estou com vontade de sair. c ) associações de bairro discutem em conjunto, sobre a instalação de novos postos de saúde. d) desde sua volta não fiz nada.
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 01:00, camila5715
Os substantivos ferraduras células e alfafa acompanhado dos artigos definidos as as e a respectivamente apresentam na tira um sentido particular é específico ou um sentido genérico
Total de respostas: 3
image
Português, 15.08.2019 00:58, Kauanyavakins
Qual a inteção do marketing do desejo
Total de respostas: 3
Você sabe a resposta correta?
A Moreninha

Joaquim Manuel de Macedo

— [...] mas venha cá sr. Augusto, então...

Questions in other subjects:

Konu
Física, 21.07.2020 09:14
Konu
Artes, 21.07.2020 09:14
Konu
Inglês, 21.07.2020 09:14
Konu
Ed. Física, 21.07.2020 09:14
Konu
Inglês, 21.07.2020 09:14
Respostas e perguntas no site: 14868763