Português
Português, 15.07.2020 20:14, larissamathiasolivei

Leia o texto abaixo: Capítulo XII Partimos com o tempo encoberto, mas estável. Não teríamos de nos preocupar nem com calores cansativos nem com chuvas desastrosas. Um tempo próprio para o turismo. O prazer de galopar por um país desconhecido deixava-me de bom humor naquele início de aventura. Sentia toda a felicidade, todo o prazer e liberdade de um excursionista. Começava a gostar da viagem. “Afinal, o que estou arriscando?”, dizia-me. “Viajar por um país dos mais curiosos, escalar uma montanha bastante notável, na pior das hipóteses, descer ao fundo de uma cratera extinta! [...] Quanto à existência de uma galeria que acaba no centro do globo, pura imaginação! Pura impossibilidade! Vou tratar, então, de aproveitar o que a expedição tem de bom sem maiores problemas”. Quando concluí esse raciocínio, já havíamos saído de Reykjavik. Hans caminhava à frente num passo rápido, igual e constante. Os dois cavalos carregados com nossas bagagens seguiam-no sem que fosse necessário conduzi-los. Eu e meu tio íamos atrás sem nos sairmos muito mal em nossos animais pequenos, mas vigorosos. A Islândia é uma das maiores ilhas da Europa. Estende-se por mil e quatrocentas milhas e só conta com sessenta mil habitantes. Os geógrafos dividiram-na em quatro quartos, e tínhamos de atravessar quase obliquamente o que tem o nome de região de quarto do Sudvesterfjordhur. Ao deixarmos Reykjavik, Hans seguira imediatamente para a beira do mar. Atravessávamos magras pastagens que faziam o maior esforço para ser verdes; tinham maior facilidade em ser amarelas. Os cimos rugosos das massas traquíticas apareciam no horizonte entre as brumas do leste, e por momentos algumas placas de neve, concentrando a luz difusa, resplandeciam nas inclinações dos cumes afastados. Alguns picos, mais ousados, perfuravam as nuvens cinzentas e reapareciam acima dos vapores moventes como escolhos que emergiam em pleno céu. Muitas vezes essas cadeias de rochas áridas lançavam uma de suas pontas ao mar e cortavam as pastagens; mas sempre havia lugar suficiente para passar. Além disso, nossos cavalos escolhiam instintivamente os lugares propícios sem nunca diminuir a marcha. Meu tio nem tinha o consolo de excitar sua montaria com a voz ou com o chicote; não lhe era permitido ser impaciente. Não podia evitar sorrir ao vê-lo tão alto em seu cavalinho, e, como suas pernas compridas roçavam o chão, parecia um centauro de seis pés. [...] (VERNE, Júlio, Viagem ao Centro da Terra) 1. Esse fragmento de texto apresenta características de * A) biografia. B) crônica jornalística. C) diário. D) relato de viagem. E) reportagem.

answer
Respostas totais: 3
Ver

Other questions on the subject: Português

image
Português, 15.08.2019 01:00, FerSilva2403
2. qual é a critica feita pelo narrador à atitude do pai de augusto? puna explicar seu raciocinio, o narrador define o amor por meio de duas metáforas. quaisso elas? explique por que essas metáforas ajudam o narrador a explicitar a inadequação da atitudedo pai de augustod qual seria a melhor atitude a ser tomada, segundo o narrador? 1. o narrador descreve o sentimento que se apossou de augusto. transcreva em seu cadernoa passagem em que isso ocorre.qual é a concepção de amor sugerida por essa descrição? 4. saber que carolina sofre com sua ausência é motivo de angústia para augusto. como onarrador mostra os efeitos dessa constatação sobre o rapaz? explique de que maneira a descrição das atitudes de augusto em seu cativeiro" exemplificaa metáfora do amor como um "menino doidinho em​
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:55, yagolds1
Me ajudem a achar as seguintes figuras de linguagem: metafora, comparação e personificação! musica: ouvi dizer papapaparapapapa ôôuôô ôôuôô ah se eu acordasse todo dia com o seu bom dia de tanto café na cama faltariam xicaras me atrasaria só pra ficar de preguiça se toda arte se inspirasse em seus traços então qualquer esboço viraria um quadro monaliza com você tudo fica tão leve que até te levo na garupa da bicicleta o preto e branco tem cor a vida tem mais humor e pouco a pouco o vazio se completa o errado se acerta o quebrado conserta e assim, tudo muda mesmo sem mudar a paz se multiplicou que bom que você chegou pra somar ouvi dizer que existe paraiso na terra e coisas que eu nunca entendi coisas que eu nunca entendi só ouvi dizer que quando arrepia já era coisas que eu só entendi quando eu te conheci
Total de respostas: 1
image
Português, 15.08.2019 00:51, Creusacosta
V3com i frase: - defina e exemplifiquecomparacãometaforahiperbolepersonificccãoparadoxoantítese defina e exemplifique, em fraseshomonimos homófonos: homônimos honôgrafos homonimos perfeitos. alguém pode me ajuda a fazer esse trabalho pq e para amanhã so que eu tenho muita dificuldade em português​
Total de respostas: 2
image
Português, 15.08.2019 00:09, neireoliveira
A)no lançamento de dois dados qual a probabilidade de sair dois números pares? ​
Total de respostas: 3
Você sabe a resposta correta?
Leia o texto abaixo: Capítulo XII Partimos com o tempo encoberto, mas estável. Não teríamos de nos p...

Questions in other subjects:

Konu
Biologia, 21.02.2018 04:51
Konu
Biologia, 07.12.2017 20:49
Konu
Física, 26.02.2018 17:10
Respostas e perguntas no site: 22252809